quarta-feira, 18 de maio de 2016

Um Dia, de Repente

steve hank

Um dia, de repente,
arrastam-nos à força
para um lugar incerto.

Um dia, de repente,
Desnudam-nos impudica/
mente.

Um dia, de repente,
somos apenas um ser vivo:
verme ou gente?

Autor : Lara de Lemos
in 'Antologia Poética'

3 comentários:

Majo disse...

~~~
Impressivo!
~~~~~~~~~~

Beatrice Mar disse...


Majo

obrigada pelas visitas.

beijinhos

Lia Noronha disse...

O tempo..sempre nos arrastando..através de belos versos..amei!
Grata por compartilhar tantos autores maravilhosos por aqui!
Abraços meus.