sábado, 27 de junho de 2020

O meu amor

O meu amor
choveu
sobre ti.
Caiu em gotículas 
sobre o teu calor.
Deixou-se 
trespassar por tua luz.
Tu o tornaste 
em arco-íris.
Depois 
fez-se caudal,
correu 
vasto e
fecundo, 
invadiu tuas margens,
atravessou tuas colinas, 
teus vales,
teus prados, 
tomou
o rumo 
de teu ventre,
penetrou 
em tuas terras.
Inundou-te. 
Como um
manancial. 

Autor : Gonçalo Salvado
in CORPO TODO

3 comentários:

" R y k @ r d o " disse...

Bom dia:- Profundo. Pura sedução de leitura poeticamente falando. A imagem é magistral.

.
Saudação amiga
Bom fim de semana

Agnieszka Mikołajczyk disse...

Fall and now it rises and straightens up, beautiful words.

brancas nuvens negras disse...

Gostei.