domingo, 20 de maio de 2018

meu amor

 Anna O. Photography

meu amor.    não te devia chamar assim.    talvez nos caminhos do sul as papoilas te façam lembrar de mim.  talvez.   porque não sei os caminhos que te levaram para longe, porque nem eu podia fazer parte desses caminhos.    a vida é fácil para quem ama e foi isso que eu nunca entendi.    aliás nem quis entender.   meu amor.    se nos caminhos do sul souberes um dia as cores das manhãs que existem – ainda – nos meus sonhos, então é que também ainda subsiste resquícios de mim em ti.     e só isso interessa.
Autor : BeatriceM 2012-05-20

2 comentários:

Gil António disse...

Bom dia. Independentemente da publicação que é maravilhosa e que li com todo o gosto, passo a fim de desejar um domingo muito feliz
.
* Olhei para ti ... num último olhar *

Larissa Santos disse...

Tão bonito esta prosa poética.


Hoje:- [ Poetizando e Encantado]-Conto as pétalas, e almejo a tua graça .

Bjos
Votos de uma óptima Segunda- Feira