sábado, 18 de março de 2017

O pequeno sismo

mikael aldo

Há um pequeno sismo em qualquer parte
ao dizeres o meu nome.

Elevas-me à altura da tua boca
lentamente
para não me desfolhares.
Tremo como se tivera
quinze anos e toda a terra
fosse leve.
Ó indizível primavera!

Autor : Eugénio de Andrade

2 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Uma excelente escolha.
Parabéns pelo seu blogue, adorei e vou começar a Divagar por aqui.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Mar Arável disse...

O nosso Eugénio
Sempre
bjs