segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Os Gatos

Há um deus único e secreto
em cada gato inconcreto
governando um mundo efémero
onde estamos de passagem
.
Um deus que nos hospeda
nos seus vastos aposentos
de nervos, ausências, pressentimentos,
e de longe nos observa
.
Somos intrusos, bárbaros amigáveis,
e compassivo o deus
permite que o sirvamos
e a ilusão de que o tocamos
.
Autor : Manuel António Pina
(in Como se desenha uma casa; ed. Assírio & Alvim, 2011

18-11-1943
19-10-2013

3 comentários:

Magnolia disse...

Muito bonito

Mar Arável disse...

O meu cão de barro
recusa ser cão
Vou tentar dar-lhe vida

Anónimo disse...

olá
este não é um comentário ao post mas sim uma comunicação de que quebrei o meu portátil e perdi contactos, endereços, password.
contacta-me para jalmeida_proj@hotmail.com
beijo com Pincel :D