quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Poema

Mesmo sem ti
o meu poema nasceu.

Sem razão aparente
sem forma
sem tema.

Foste tu ausente
a origem do meu
poema.
.

Autor : Maria do Carmo Abecassis

Foto Mitsus

2 comentários:

Mar Arável disse...

A ausência

é um certo estar

heretico disse...

o poder da poesia preenche as ausências. celebradas. e dá vida à distância..

belíssimo.