sábado, 18 de setembro de 2010

solto-me...

solto-me...

do vazio das noites .onde só restam gestos inúteis.
das palavras que se foram tornando metálicas e vazias.
de afectos que se esvaziaram de conteúdo.

varro trinta anos de estilhaços...
no susto de não me reencontrar inteira.
no medo de não mais me reconhecer.

salto.
no vazio. de mãos nuas.
para me provar que saberei recomeçar.
para descobrir se re.aprendi a voar e
se encontrei o verdadeiro "sentido do voo".

Autor:simplesmenteeu http://sentidodovoo.blogspot.com/
Foto:art-dj


2 comentários:

Ana Oliveira disse...

Belíssimo este recuperar o "sentido do voo"

Já conhecia... e gostei muito de o ver aqui.

Um beijo

Multiolhares disse...

Por vezes precisamos de cair para nos reencontrar-mos e novamente voar
Bj