domingo, 9 de julho de 2017

com a minha mão na tua


Que hoje , os espelhos não sejam o reflexo,
da minha alegria,
porque o reflexo não pode,
ser,
apenas o reflexo dum sentir,
mas apenas o âmago do porvir.

Hoje não dou conta de coisa nenhuma,
e não assumo responsabilidades,
sobre nada,
nem sequer sobre mim.

BeatriceMar 2014-07-10
(reeditado)

2 comentários:

Mar Arável disse...

Mãos partilhadas

Majo Dutra Rosado disse...

Belíssimo, Beatrice.
Beijinho
~~~