domingo, 18 de dezembro de 2016

recordando as flores

como se a cor das flores,
ainda guardassem o teu aroma,
nas pétalas,
o sorriso cheio de sol,
tombado sobre mim,
e eu sem saber,
que fazer do fogo que ardia,
na minha pele.

BeatriceMar 2014-07-27

(reeditado)

3 comentários:

heretico disse...

pressente-se o rubor na face - e o arrepio na pele...

beijo

Majo Dutra disse...

Recordações muito belas, Beatrice.
Dias agradáveis e muito felizes.
Beijinhos.
~~~~

LuísM Castanheira disse...

"toco-te e respiras | sangue do meu sangue..."
nas flores que são ardor...
belo
boas festas