sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

semicertezas de uma noite de anseios e distâncias

Jasmin

imagino um céu sobre nós
cavalgando a noite
velozmente
como o corpo escala
ruelas femininas

imagino lugares limpos
baladas
véus descalços de meses
e calendários transparentes

imagino-te nua,
adivinho-me a arder
tu e eu,
escadaria invisível
de boca em boca
de ilusão em ilusão
algures
na derradeira certeza
das mãos frias.

.
Autor : Jorge Pimenta http://oorvalhodofimdomedo.blogspot.pt/

4 comentários:

Jorge Pimenta disse...

sempre uma experiência gratificante deixar que as palavras nos voem das mãos...

um beijinho e poesia!

Sónia M. disse...

Belo!

Bom fim de semana, Beatrice.

Beijo

Sónia

Mar Arável disse...

In certezas

melhor
que in verdades

Joaninha Musical disse...

Irei visitar o blogue do Jorge,mais uma vez um lindo e encantador poema!! Na vida há que enfrentar alguns medos para podermos ser felizes. Espero que tenhas tido um excelente fim-de-semana!!