sexta-feira, 18 de abril de 2008

podias estar aqui


podias estar aqui,
onde os meus lábios terminam
e começa o mar dos meus pedaços
.
podias estar aqui,
na janela onde debruço a alma,
em gestos do meu rosto, a recordar-te
.
podias estar aqui,
só no teu rosto vi a aurora,
como nunca vi em mais algum
.
autor:
antónio paiva
foto:ira bordo